E quando sai errado?

Por mais cuidado que possamos ter na hora de desenhar uma experiência do cliente, nem sempre ela sai conforme gostaríamos. Por isso, eu sempre aconselho enumerar os possíveis problemas que podem ocorrer no seu estabelecimento e ter orientações claras de conduta do pessoal de atendimento. Como diz a música: “Olha aí meu bem…prudência e dinheiro no bolso…canja de galinha não faz mal a ninguém”.

Tenha sempre um plano B

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.